FUI À CASA DO JOHN WESLEY

Para quem acompanha nosso canal no Youtube, já sabe que estávamos em missões na Inglaterra no ano de 2019. E nesse período aproveitamos para fazer um tour com foco em cristãos que marcaram a história, que foram relevantes em sua época e que nos trazem impactos até hoje.

E vou mostrar um pouco desse roteiro nessa série que estamos lançando todas as quintas feiras, #TBTHeróisdaFé.

OLD STREET

O nosso passeio foi na Old Street, região centro-norte de Londres. Como estávamos morando em Molesey, que fica em Surrey ao sul de Londres, e como todo missionário economiza o tempo todo, demoramos cerca de 2 horas para chegar a nosso destino, pois apesar de Londres contar com um bom transporte, os ônibus são muito lentos e os trens muito caros.

Mas enfim, se você gosta de roteiros históricos, e tem interesse pela história da Igreja, de avivalistas e/ou cristãos que marcaram nossa história, a Old Street é um ótimo lugar para você, pois lá fica a Capela Wesley e incorporado ao complexo o Museu do Metodismo, na parte de trás do complexo fica o túmulo de John Wesley e a Casa de John Wesley ao lado da capela.

O horário de funcionamento é de segunda a sábado, de 10h as 16h, mas com orientação para chegar até 14:30h caso queira fazer o tour por todo local.

COMPLEXO

Logo na entrada, temos uma estátua do #JohnWesley com a famosa frase “The world is my parish / O mundo é minha paróquia”. Após aproveitarmos um pouco da beleza externa do complexo com seus jardins, fomos primeiramente à capela, que fica atrás da estátua. Logo fomos recebidos por uma mulher que, com muita educação, nos orientou a respeito de tudo que havia ali.

CAPELA WESLEY (WESLEY’S CHAPEL)

A capela é incrível. Aberta em 1778 com arquitetura georgiana, claro com muitas reformas desde então, ela contém vários quadros de grandes homens que marcaram o metodismo, frases, estátuas e vitrais maravilhosos.

Embora não participei de nenhum culto no local devido ao dia de nossa visita, todos os domingos há um culto matinal.

MUSEU METODISTA

O Museu do Metodismo fica integrado ao prédio da capela, no andar de baixo. Lá, nossa experiência foi perfeita. Estávamos sozinhos no museu, não que sejamos antissociais haha, mas pela liberdade que tivemos de conhecer cada detalhe, fazer gravações e nossas brincadeiras é claro.

Deu até para fingir ser o John Wesley e subir no púlpito que um dia ele pregou. E não para por aí. Como a Laura estava grávida da nossa belíssima Paola, deu para ela vestir uma roupa da época e fingir ser a Susanna Wesley esperando seu querido Jacky (apelido carinhoso do John Wesley).

O museu contém artefatos e relíquias relacionadas com o metodismo. Em um telão fica passando um vídeo com o resumo da vida de John Wesley. Há também vários discursos de Wesley e ensaios sobre a teologia.

Com certeza, vale a visita.

TÚMULO DE JOHN WESLEY

No jardim na parte de trás do complexo, com saída pelo próprio museu metodista, fica o túmulo de John Wesley. Ele faleceu em 2 de março de 1791.

CASA DO JOHN WESLEY

Pra mim, aqui foi o auge do passeio. É difícil de achar palavras para descrever o que passava em minha mente ao interagir com tanta história, ao ver costumes tão antigos e tanta dedicação ao conhecimento e propagação do evangelho.

Nesta parte a visita foi guiada. O museu da Casa do John Wesley fica a direita da estátua na entrada do complexo.

São três andares de casa e muita história. Mesa de café simulando a refeição matinal, quarto de leitura bíblica, algumas obras engenhosas, o quarto com camas e roupas da época.

Enfim, vale a pena adentrar neste mundo do século XVIII e entender um pouco mais do contexto desse homem que marcou a história do cristianismo.

Cômodo onde John Wesley se dedicava a leitura bíblica

RAFAEL LIMA

Apaixonado por Jesus. Sou missionário e empreendedor. Pai de uma menina maravilhosa e casado com a melhor esposa do mundo. Amo imergir em culturas diferentes e amo ensinar sobre Jesus e sua palavra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *